mais sobre mim

posts recentes

Está Esperta

A minha princesinha

Noticias nossas

Feliz Natal

15 mesinhos

O meu irmão

Um novo trabalho

A minha bebé

A minha princesinha está ...

Os meus dentinhos

A minha princesinha tirou...

A minha princesa tem gess...

Hoje é o dia do meu anive...

Adoro a avó gordinha e o ...

Aminha bebé esteve doenti...

arquivos

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

tags

a minha princesinha

avó gordinha

marido especial

mulheres

páscoa

ser mãe

todas as tags

Amiguinhos

links

pesquisar

 
blogs SAPO

subscrever feeds

Idade da minha Princesinha

LilypieSegundo Ticker
E-familynet.com Ticker
Quinta-feira, 9 de Novembro de 2006

Sentir que não somos amados

  Deve ser muito difícil sabermos que não somos amados pelos nossos pais. Quem nos trouxe ao mundo não gostar de nós deve ser muito complicado. Deve ser difícil ter os pais por perto mas sentir que estão muito longe. Não consigo imaginar tal coisa para mim. Pois já foi difícil para mim ter avós vivos e não sentir o carinho deles, quanto mais sentir que não somos amados pelos próprios pais. Olho para a minha princesinha e dou por mim a pensar como é que isso é possível. Sentir que somos amados é a melhor coisa do mundo, nada mais é preciso para nos fazer feliz. Não desejo nem ao meu maior inimigo  sentir que não é amado, principalmente pelos pais. Esse deve ser o pior sentimento do mundo. Os pais e os filhos erram é verdade. Afinal nós não nascemos pais...nascemos filhos e tudo é uma aprendizagem. Quando os filho nasce, nós aprendemos em conjunto, a ser pais e eles filhos. Quando nos torna-mos pais deveríamos olhar para os nossos próprios pais e para nós mesmos e ver os erros que foram cometidos. Nós como filhos e eles como pais e tentar modificar esses erros. Afinal não aprendemos apenas com as coisas boas, aliás aprendemos muito mais com as coisas mas com os erros. 
 Hoje tenho uma filha linda que passou nove messes dentro de meu ventre. Conheço-a melhor que ninguém. E uma coisa sei ela é muito feliz e muito amada. Vou tentar não errar, sei que deve ser um bocadinho complicado. Mas uma coisa sei os "erros" que cometi como filha e os "erros" que vi os meus pais cometerem como pais...esses não vou fazer. Pois sei o quanto magoam a ambos.
 Afinal ninguém é perfeito e todos nós cometemos. 

 Aqui quero deixar uma mensagem a uma pessoa que me é muito especial e querida, Não cometas com a tua filha ao filho o mesmo erro que os teus pais cometeram contigo, pois tu já sabes o quanto isso nos faz infeliz. Não queiras para a tua filha ou filho o mesmo que te aconteceu a ti.
 Tem muito cuidado pois cada dia que passa depois do seu nascimento deve ser muito bem aproveitado por muito cansados que nós esteja-mos. Para nossos filhos temos o dever e o direito de ter sempre nem que seja um minuto. Sê feliz com a tua família pois ela agora é mais importante que tudo. Olha para trás e não cometas os mesmos erros.
 
  Não te quero mais como ontem te ver
  Não quero que te sintas não amado
  Quero que saibas que muito feliz podes ser
  Não te sintas amargurado .

  Já mais te quero ver chorar
  Agora muitas razões tens para sorrir
  Quando estiveres triste "esconde-te" no mundo de encantar
  Vais ver que melhor te vais sentir
 

 Quero apenas uma coisa te dizer para mim és muito especial, Por ti tenho muito amor, paixão, carinho e gratidão. Gratidão por saber que para ti também sou especial.

  Famílias com  Amor - HELEN EXLEY  Mães com Amor - HELEN EXLEY

Mimado por fadinha às 14:19
link do post | Miminhos | favorito
2 comentários:
De andre a 10 de Novembro de 2006 às 13:24
Saber que não somos amados ja e mau, quanto mais pelos pais. Um beijo para essa tua amiga especial. um beijo para t para a tua filhota
De liliana a 10 de Novembro de 2006 às 13:52
Estive a ver o teu blog e escreves coisas que nos deixam a pensar... situações reais. Vejo que ADORAS ser mãe Um miminho pa ti e pa tua princesa

Comentar post

"Em cada manhã te são entregues vinte e quatro horas de ouro. São uma das poucas coisas neste mundo que estão livre de impostos. Se tivesse todo o dinheiro do mundo, não poderia comprar nem mais uma hora. Que farás com tão valioso tesouro? Lembra-te, tens de o usar, pois só te é oferecido uma vez. Se o desperdiçares, não o poderás recuperar.”