mais sobre mim

posts recentes

Está Esperta

A minha princesinha

Noticias nossas

Feliz Natal

15 mesinhos

O meu irmão

Um novo trabalho

A minha bebé

A minha princesinha está ...

Os meus dentinhos

A minha princesinha tirou...

A minha princesa tem gess...

Hoje é o dia do meu anive...

Adoro a avó gordinha e o ...

Aminha bebé esteve doenti...

arquivos

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

tags

a minha princesinha

avó gordinha

marido especial

mulheres

páscoa

ser mãe

todas as tags

links

pesquisar

 
blogs SAPO

subscrever feeds

Quinta-feira, 28 de Dezembro de 2006

Primeiro Natal

 Passei o primeiro Natal com a princesinha, sem dúvida que foi um Natal mais "Rico". A família está maior, tem uma nova alegria. Afinal o Natal é das crianças e como eu sou uma "criança" grande, agora somos duas a fazer a festa. Para o próximo ano será ainda mais divertido pois a minha princesinha já vai abrir as prendinhas dela sozinha.
 Quando tiver mais um bocadinho de tempo deixo aqui as fotos das prendinhas.



 Este Natal é que não deu para festejar muito bem, pois apanhamos uma intoxicação alimentar. No dia 24 acordamos todos muito mal e passamos a noite práticamente sem dormir. Graças a Deus que  mim não me afectou muito  tive apenas umas dores de cabeça, pois estou a dar de mamar á minha bebé e se tivesse tido mais que as dores de cabeça tinha de deixar de lhe dar de mamar. 
 Ser mãe é mesmo  melhor coisa do mundoooo . É fantástico


 

 

Mimado por fadinha às 16:43
link do post | Miminhos | favorito
"Em cada manhã te são entregues vinte e quatro horas de ouro. São uma das poucas coisas neste mundo que estão livre de impostos. Se tivesse todo o dinheiro do mundo, não poderia comprar nem mais uma hora. Que farás com tão valioso tesouro? Lembra-te, tens de o usar, pois só te é oferecido uma vez. Se o desperdiçares, não o poderás recuperar.”