mais sobre mim

posts recentes

Está Esperta

A minha princesinha

Noticias nossas

Feliz Natal

15 mesinhos

O meu irmão

Um novo trabalho

A minha bebé

A minha princesinha está ...

Os meus dentinhos

A minha princesinha tirou...

A minha princesa tem gess...

Hoje é o dia do meu anive...

Adoro a avó gordinha e o ...

Aminha bebé esteve doenti...

arquivos

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

tags

a minha princesinha

avó gordinha

marido especial

mulheres

páscoa

ser mãe

todas as tags

links

pesquisar

 
blogs SAPO

subscrever feeds

Sexta-feira, 29 de Dezembro de 2006

Sara, Vanessa e tantas outras crianças

Como é que é possível uma mãe trazer em seu ventre um bebé lindo, uma filha/o durante nove meses e depois maltratar essa criança?
 Quando dizem que mãe é mãe, não é verdade. Pois uma verdadeira mãe, não maltrata, não bate. Uma verdadeira mãe ama, acarinha, ensina é amiga. Como é que é possível maltratar, picar com uma faca, queimar com um ferro, dar banho em água a ferver a uns seres tão puros e inocentes? É preciso ser-se muitooo cruel mas mesmo muitooo cruel.
 Eu tive dois anos até conseguir engravidar da minha princesinha. E hoje é a melhoe coisa que tenho a vida é a razão do meu viver.
Como é possível fazerem mal a estes seres espantosos, magníficos, ecantadores?
 A pequena Sara de apenas dos anos de idade, pelo que se ouve na comunicação social não soube o que era ter uma mãe. Foi maltratada e passou fome. Não soube o que é amor de mãe.
 

Sara querida
 Não soubeste o que é o amor
 Pela própria mãe foste ferida
Como é possível um anjinho saber o que é a dor

Deus para perto dele te quis levar
Com apenas dois anos de idade
Para das mãos da tua mãe te salvar
Espero que lá no céu junto das estrelas encontres tranquilidade

O que te aconteceu é difícil de aceitar
Infelizmente a muitas crianças já o mesmo aconteceu
A felicidade na terra não conseguiram alcançar
E o mundo mais um anjinho perdeu


Querida Sara, Vanessa e tantas outras crianças que foram maltratadas e já partiram, desejo do fundo do meu coração que onde quer que estejam sejam muito felizes, que as estrelas vos iluminem.

Aqui quero deixar um pedido, a todas as pessoas que desconfiem ou que saibam , que uma criança é maltratada e que passa fome, DENUNCIEM-NA.
Pois essas crianças não pediram para nascer e têm todo o direito de serem amadas, muitooo bem tratadas e de serem muitooo felizes.


Um novo ano está a chegar
Desejo para todas as crianças muito amor
Que todos os dias tenham muito para festejar
E que com o nascer do sol venha muito calor

Desejo para todas as crianças todos os dias de alegria
Que tenham muitos sonhos de encantar
Que vivam num reino de fantasia
E que junto delas tenham sempre alguém para com muito amor as abraçar


Desejos a todos um feliz 2007, cheio de muito amor, muita alegria, muita cor, muita magia, muito calor e muita fantasia
São os votos das fadinhos


Mimado por fadinha às 19:29
link do post | Miminhos | favorito
6 comentários:
De Gaybriel a 31 de Dezembro de 2006 às 09:46
De mansinho, bem cedinho venho anunciar a boa nova! Hoje 31 de Dezembro o meu blog comemora o primeiro aniversário! Assim, em ambiente de festa deixo os meus votos sinceros de um bom ano 2007! Que no novo ano, uses o melhor de 2006 como degraus para subir cada vez mais alto e assim alcançares os teus sonhos, os teus objectivos! Com carinho e amizade… Gaybriel
De bia a 9 de Janeiro de 2007 às 14:59
Olá, vim agradecer o teu comentário e a visita ao meu cantinho. Gostei muito de conhecer o teu e vou voltar! quanto ao teu post de hoje, eu faço exactamente a mesma pergunta, como é que é possivel? uns têm e não querem e eu quero tanto e não tenho! que injustiça!
Jinhos fofos
De á-tua-espera a 9 de Janeiro de 2007 às 15:07
ola,amiga obrigado pelo teu comentario,comcordo plenamente no que dizes no teu post,temos que denumciar os maus tratos a crianças,como pode existir tanta crueldade no mindo,são crianças inoçentes,possa!!!E nos que estamos a tentar a tanto tempo para ter uma criança de repento deparamo-nos com estas situações tosdos os dias!!!BEM AMIGA VOU CONTINUAR A SABER NOVIDADES TUAS E DA TUA PRINCESINHA DESEJO AS FELICIDADES A TODOS
De Palavras Soltas a 9 de Janeiro de 2007 às 19:37
Olá Fadinha:
Peço Mil perdões... por não ter aparecido, nem no Natal, não tenho desculpa...
Andei um pouco ocupado, que nem ao blogue tenho vindo escrever como já deves ter dado conta.
Assim queria que tivesses passado um Natal cheio de Alegria na companhia da tu Filhota "PRINCESINHA"...
E que a tua compenhia tenha sido de alegria para que te rodeou neste Natal E passagem de Ano....
Prometo que vou voltar...
Beijinho pra ti... Extensivel á tua Princesinha...
De meufofucho a 9 de Janeiro de 2007 às 21:46
Olá fadinha! Obrigada por teres visitado o meu cantinho!!! É sempre bom "ver" pessoas a darem muita força.
Ainda bem que o teu desejo se concretizou. Estas mães que maltratam os seus filhotes não têm coração. Nós, as lutados, queremos tanto m filho mas Deus não nos dá, e elas ...
MUUUUUUUUUITAS FELICIDADES
e que a vida nunca deixe de te sorrir,
Sandrita
De Ana a 9 de Janeiro de 2007 às 22:33
Olá q lindo o que escreveste!!!!
Tens toda razão no que dizes..As vezes acho a vida tão injusta mtas mulheres uerem gerar o seu bebé e não podem ou não conseguem eqto outras podem e fazem isso:0(
Obrigada pela visita ao meu cantinho voltarei aqui sempre que possivél
Ana

Comentar post

"Em cada manhã te são entregues vinte e quatro horas de ouro. São uma das poucas coisas neste mundo que estão livre de impostos. Se tivesse todo o dinheiro do mundo, não poderia comprar nem mais uma hora. Que farás com tão valioso tesouro? Lembra-te, tens de o usar, pois só te é oferecido uma vez. Se o desperdiçares, não o poderás recuperar.”